11.3729.6267

11.9.8689.8651 kurt@dortemtratamento.com.br

«

»

mar 30

DOR CRÔNICA, COMO CONTROLAR

Dor crônica

Atualização: 

 

O MAIS IMPORTANTE NA DOR CRÔNICA

Consulte um médico, preferencialmente um com experiência em Dor e Reabilitação, como o Fisiatra. É fundamental um diagnóstico adequado, excluir determinadas doenças que podem provocar ou até mesmo agravar o quadro de dor, definir propostas e metas de tratamento,  avaliar a indicação de determinados medicações ( analgésicos, relaxantes musculares, antidepressivos, anticonvulsivantes, indutores do sono, entre outros) e até mesmo definir o momento certo para indicar determinados procedimentos e exercícios terapêuticos.

 
  

Muito cuidado com a busca de indiscriminada de diagnósticos pela internet, ouvir conselhos de familiares, pedir pro conhecido médico dar uma “olhadinha” no seu caso. Dor é coisa séria!

CONSCIENTIZE-SE

Dor crônica é uma condição completamente diferente da dor aguda. A dor crônica é uma condição que mantém o quadro doloroso mesmo quando o problema inicial já foi solucionado. Ocorre uma memória da dor, devido a modificações no sistema nervoso tanto na percepção quanto na inibição da dor.
Quem sente dor por muito tempo, evolui com alterações físicas, psicológicas, sociais e comportamentais. Por isso, exige um tratamento individualizado e multidisciplinar.

 
 
 

Nutricionista ajuda, psicólogo ajuda, terapeuta ocupacional ajuda, fisioterapeuta ajuda, enfermeiro ajuda, médico ajuda, educador físico ajuda, outras terapeutas também podem ajudar. No entanto, VOCÊ  é o papel principal neste processo. Ainda não há nada milagroso e instantâneo para CURAR dor crônica. Mas do mesmo jeito que outras doenças crônicas (como pressão alta e diabetes) há controle e recuperação funcional. Sendo necessárias mudanças em muitos aspectos da vida.

 

ALGUMAS DICAS:

1. Conheça e pesquise sobre seu problema, saiba o que piora e alivia a sua dor.

2. Controle sua vida, não deixe que a dor a controle.

3. Conheça seus limites e não os ultrapasse.

4. Não deixe a dor ficar insuportável para tratar.

5. Remédios podem ajudar, mas sozinhos podem ser frustrantes.

6. Pense menos na dor.
A dor é como uma namorada possessiva: ” Quanto mais você pensar nela, mais a dor vai querer que você pense nela”.

7. Tenha controle das atividades que você pode fazer para evitar a dor.
O terapeuta ocupacional e o Fisioterapeuta também podem ajudá-lo neste processo.

8. Aprenda a lidar com a dor.
Não tenha medo de pedir a ajuda de um psicólogo e de um psiquiatra para aprender isso.

9. Cuide da sua saúde.
Alguns problemas de saúde podem desencadear e agravar o quadro de dor crônica (por exemplo: hipotireoidismo, anemia, deficiência de vitaminas, condições auto-imunes, obesidade, tabagismo, diabetes, entre muitos outros).

10. Mudar é preciso. Mudar o jeito de reagir aos problemas, mudar a posição de deitar, mudar os hábitos alimentares, enfim, mudar.

 

 

 
 

 
 


Recursos no Tratamento
da pessoa com dor




Quer ficar por dentro das novidades do canal Dor Tem Tratamento inscreva-se!! 

Conquiste bem estar e qualidade de vida: Dor tem Tratamento!!!
Converse sobre as suas dúvidas com um médico especializado em reabilitação (Fisiatria). Entenda melhor como é a reabilitação da dor pelo médico Fisiatra aqui

cropped-capa-blog.jpg
Médica Fisiatra – Dor e Reabilitação
Procedimentos Minimamente Invasivos em Medicina da Dor

Para mais informações ou agendamento de sessões terapêuticas com a Dra Maike Heerdt entre em Contato

 

Deixe uma resposta